Como o Marketing Digital potencializa a Assessoria de Imprensa

Marketing Digital e Assessoria de Imprensa
Marketing Digital e Assessoria de Imprensa
Definitivamente, assessoria de imprensa e marketing digital não são a mesma coisa. Enquanto a assessoria é voltada a gerar assunto sobre seus clientes por meio de mídia espontânea, como jornais impressos, revista, rádio e televisão, o marketing digital tem, sim, uma pegada mais comercial, focada na aquisição de clientes e aumento das vendas.

O crescimento da empresa, contudo, é o principal objetivo de ambos os serviços, e trabalhar uma estratégia que integre o marketing digital à assessoria de imprensa é sucesso na certa. Em Manaus, o marketing digital ainda é uma área fortemente dominada pelas agências de publicidade e propaganda.

Mas, em uma era na qual a sede por informação é cada vez maior, e as pessoas estão cada vez mais incomodadas com o marketing de interrupção, gerar conteúdo de valor é a grande aposta para atrair mais clientes.

É fundamental que esse conteúdo seja realmente informativo, e não apenas tente vender um produto ou serviço. Isso porque o consumidor de hoje está cada vez mais ávido por informação.

Esse infográfico mostra que 80% dos consumidores gostam, SIM, de aprender sobre empresas através de conteúdo e 57% leem conteúdo sobre empresas pelo menos uma vez por mês. Aliás, 70% preferem conteúdo a anúncios, e 86% dos consumidores pulam os anúncios da TV (quando a opção está disponível). Ponto para quem já trabalha com a produção de conteúdo como principal proposta de valor. Esse é o marketing do futuro.

Eu trouxe esses dados apenas para você, que é assessor de imprensa, entender que existe um grande mercado a ser trabalhado com a formação e a experiência que você já tem. Mais do que isso, unir marketing digital à assessoria de imprensa é uma forma de amplificar o trabalho de assessoria. Além de entregar mais resultado ao cliente, você vai agregar muito valor ao seu serviço, o que vai te possibilitar cobrar mais pelo trabalho.

Nesse momento, você certamente está resmungando que os clientes manauaras não querem pagar mais, e que sempre pechincham o preço antes de fechar negócio. De fato, quase todo mundo pechincha mesmo. Mas isso geralmente acontece quando o cliente acha que está pagando mais do que o serviço vale. Quando percebe o valor do serviço antes de saber o preço, ele dificilmente dirá que o serviço é caro.


Marketing Digital para atrair clientes para a assessoria

Não sei se é o seu caso, mas de modo geral, as assessorias de imprensa de Manaus conseguem clientes quase exclusivamente por meio de indicações. Isso porque elas não investem em marketing digital para si próprias.

Procure por “assessoria de imprensa em Manaus” no Google e você verá que a presença digital das principais agências de assessoria da cidade é bastante fraca. Meu objetivo aqui não é criticar, mas alertar os gestores destas empresas. Pense comigo: se 90% dos consumidores pesquisam no Google antes de adquirir um produto ou serviço, o que resta para quem não tem uma boa presença por lá?

Essa é, inclusive, uma boa oportunidade para refletir se sua empresa está atendendo o número de clientes que espera ou se esse número está abaixo do esperado e, principalmente, por que está abaixo da expectativa. Usar a crise como justificativa parece uma boa saída. Mas será que é isso mesmo? Ou será que os clientes estão precisando de você tanto quanto você precisa deles, mas eles apenas não conseguem te encontrar?


Marketing digital pode amplificar a assessoria de imprensa

Quando você adiciona uma estratégia mínima de marketing digital à sua rotina de assessoria de imprensa, você consegue impactar mais pessoas e, consequentemente, gerar mais vendas para o cliente. Se ele vende mais e, principalmente, se ele tem um melhor retorno sob investimento (ROI), ele vai querer investir mais para ter um retorno ainda melhor.

Falando sobre o mais básico de uma assessoria de imprensa: hoje, quando uma assessoria envia um release à imprensa, além de fazer follow up, o trabalho normalmente termina em fazer clipping do que foi divulgado, montar um relatório, apresentar ao cliente e esperar que ele perceba se gerou ou não mais negócios a partir disso.

Mas imagine se você for além. Imagine se, ao invés de apenas fazer clipping, você enviar um email para a base de contatos dessa empresa, convidando as pessoas a lerem o que foi divulgado nos portais de notícias, por exemplo. Você pode saber não apenas quantas pessoas abriram o email, mas também quantas clicaram no link para ler a publicação que você indicou.

Imagine ainda que, quando um cliente dessa empresa realizar uma compra, você pode rastrear, pelo endereço de email dele, se ele leu ou não o conteúdo que você indicou. Tudo isso parece avançado demais, não é? Mas é plenamente possível no marketing digital.

Além disso, empresários adoram números. Mostre a eles o resultado que sua assessoria tem gerado por meio de dados mensuráveis, números e taxas de conversão, e ele ficará apaixonado.

Larissa Veloso
Larissa Veloso
Empreendedora cujo objetivo é gerar bons negócios para empresas, mostrando como a nova forma de comprar revolucionou a forma de vender! É jornalista, com MBA em Marketing. Possui ainda as certificações em Inbound Marketing e RD Station pela Resultados Digitais, e em Inbound Marketing e Email Marketing pela HubSpot Academy.