Expo Fórum de Marketing Digital 2017-1

 

Excluir as dúvidas usando os dados. Mais do que nunca, toda conversa sobre marketing digital envolve esse tema. E esse foi somente um dos assuntos abordados durante os dois dias do Expo Fórum de Marketing Digital  2017, realizado pela Digitalks nos dois últimos dias de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

 

Em palestras curtas, distribuídas por 4 palcos, os principais formadores de opinião do mercado nacional e internacional se revezaram para falar sobre Performance, Growth, Ad Tech, Mobile e Mídia, Inovação e Tendências, além de apontar os principais destaques nacionais, workshops e um palco específico para palestras internacionais, C-level e painéis de debate.

 

Durante sua palestra “Como chegar à inovação usando dados”, a diretora executiva da A2 Business Intelligence, Ariane Maia, ressaltou que a jornada de compra do consumidor nunca foi tão complexa, mas as empresas acumulam muitos dados sem dar um destino útil a esses padrões de comportamento, e no quanto isso pode comprometer seu futuro no mercado.

 

De acordo com a especialista, a Forrester recentemente divulgou uma pesquisa estimando que até 2020, cerca de 90% das empresas irá adotar a análise de dados, considerando o mercado americano. E serão mais de 50 bilhões de dispositivos conectados na chamada Internet das Coisas. A má notícia é que o Brasil sofre de “delay” nessa área.

 

“Toda relação com o consumidor gera informação. Dá pra inovar usando dados, mas a inovação não está neles, está em pensar”.  Ariane Maia

 

A importância do Lead-scoring

Ainda falando sobre dados, mas focando no que vem por aí, Edmardo Galli, Diretor Geral da IgnitionOne na América Latina, mostrou ao vivo, navegando pelo site de um de seus clientes, como a automação dessas informações é uma aposta urgente. Adotar uma plataforma que identifica cada visitante, pontua suas ações no site e toma decisões de acordo com esse score , torna a conversão mais personalizada e assertiva.

 

“Fazer marketing digital é personalizar o mundo do indivíduo com dados, algoritmos, softwares, ou seja, tudo que facilite o mundo dele”. Edmardo Galli.

 

Para Galli, é preciso seguir a teoria de disrupção, com uma tecnologia disruptiva, que empodere o consumidor e democratize a informação.

 

Ainda foi possível conferir dicas práticas sobre Inbound, para otimizar a performance de estratégias em toda a jornada do consumidor, e conhecer o poder dos novos influenciadores, os micro-influencers, que devem dominar as campanhas de marketing digital em breve. A aposta da Kwanko é em um aplicativo que centraliza a divulgação focando esses novos influenciadores e seus públicos específicos, já que a taxa de conversão é maior que as dos Top-influencers (perfis com mais de 300k seguidores). O “Kwanko influenciadores” já está disponível.

 

Com tanta informação e novidade, fica a expectativa para as próximas edições.

 

 

Kellen Reis

Kellen Reis

Jornalista há mais de dez anos, com experiência em rádio e TV. Há 2 anos encontrou no mundo digital uma nova forma de compartilhar conhecimento.
Embarcou no desafio de empreender com a própria assessoria, ao lado do sócio e amigo, jornalista Piero Caíque. Com a Cabum Comunicação Empresarial, passou a desenvolver projetos de gerenciamento de mídias sociais, assessoria de imprensa e marketing digital.
Kellen Reis
Kellen Reis
Kellen Reis
Jornalista há mais de dez anos, com experiência em rádio e TV. Há 2 anos encontrou no mundo digital uma nova forma de compartilhar conhecimento. Embarcou no desafio de empreender com a própria assessoria, ao lado do sócio e amigo, jornalista Piero Caíque. Com a Cabum Comunicação Empresarial, passou a desenvolver projetos de gerenciamento de mídias sociais, assessoria de imprensa e marketing digital.
%d blogueiros gostam disto: